inseminacao artificial em BH
20 de setembro de 2018

Inseminação artificial em BH: tudo sobre o procedimento

Há tantas coisas boas em Belo Horizonte, que nem imaginamos. Além da culinária, dos lugares de lazer, da cultura e da natureza, os belo-horizontinos também contam com medicina de ponta quando o assunto é reprodução humana. Isso mesmo! A inseminação artificial em BH, no Ibrra, é reconhecida pelas suas taxas de sucesso e pelo atendimento humanizado.

O atendimento local é destacado, ainda, pela modernidade e pelos profissionais renomados. O Dr. Bruno, médico responsável pelos tratamentos de fertilidade no Ibrra, por exemplo, é master em Reprodução Humana pela faculdade de Medicina de Valência, na Espanha e carrega uma série de especializações e histórias inesquecíveis contadas pelos seus próprios pacientes.

Quer saber mais sobre inseminação artificial em BH? Contaremos como funciona, suas vantagens e como ela ocorre na querida capital mineira.

Inseminação artificial em BH: como funciona?

As pessoas costumam confundir inseminação artificial com Fertilização in Vitro (FIV), e vamos te explicar o por quê. A inseminação artificial consiste na injeção do sêmen, pós preparado em laboratório, no interior  do útero, utilizando-se um catéter delicado, facilitando, assim, o encontro do espermatozóide com o óvulo. Já a FIV é realizada totalmente em laboratório — os óvulos são retirados do corpo da mulher para fecundação.

No Ibrra, tudo começa na primeira conversa. O mais importante para a equipe é realizar um diagnóstico certeiro e conhecer a fundo o histórico médico das pessoas. Apenas após uma investigação médica, é realizada a inseminação artificial, que se dá pelas seguintes etapas:

  1. A mulher precisa ingerir medicamentos para estimular a ovulação;
  2. Durante o período de 10 dias, em média, a mulher realiza exames de ultrassom para que o médico avalie a data correta para a aplicação de outro medicamento que induzirá a ruptura dos folículos que liberam os óvulos. São definidos, assim, o dia e o horário da ovulação (quando será realizada a inseminação).
  3. No dia da inseminação, horas antes do horário estipulado, o parceiro deverá comparecer para a coleta do sêmen;
  4. O sêmen será enviado ao laboratório para processamento;
  5. Os espermatozoides com maior qualidade serão selecionados e colocados em um cateter acoplado a uma seringa;
  6. No horário determinado, o cateter é introduzido no útero e os espermatozoides são depositados no ambiente uterino, próximo às trompas, como na fertilização natural;
  7. O procedimento é rápido, durando poucos minutos. Logo após, a mulher deverá permanecer em repouso por cerca de 15 minutos;
  8. Após 15 dias, o teste de gravidez deverá ser realizado.

 

Quais são as vantagens da inseminação artificial?

Por ser um procedimento simples, também é mais acessível e, quando bem indicada, possui altas taxas de sucesso. As mulheres não costumam reclamar de dor ou desconforto durante essa técnica. Além de tudo, é um método reprodutivo rápido (o período desde o início do processo até a confirmação ou não da gravidez dura cerca de 30 dias).

As vantagens da inseminação artificial em BH são muitas. Primeira, que você pode realizar seu sonho em uma clínica com as taxas de sucesso similares às alcançadas pelos 13 melhores centros europeus e americanos e com índice de satisfação de 98% entre os pacientes. Isso tudo é reflexo da junção entre a equipe carinhosa e acolhedora e à alta modernidade dos equipamentos.

Quer nos conhecer? Marque uma consulta conosco agora mesmo! Será um prazer conhecer a sua história!

Dr. Bruno Scheffer

Dr. Bruno Scheffer

Médico Pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais. Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia. Master em Reprodução Humana Pela Faculdade de Medicina da Universidade de Valência (Espanha). Especialista em Medicina Reprodutiva pelo Instituto Valenciano de Infertilidade (Espanha). Editor chefe do Tratado de Reprodução Humana Assistida. Membro Editorial do Jornal Brasileiro de Reprodução Assistida. Membro do European Society of Human Reproduction and Embryology
Dr. Bruno Scheffer

COMENTÁRIOS