Fiv preço
25 de dezembro de 2017

FIV Preço: como avaliar o melhor custo-benefício para o tratamento

Quando as pessoas pensam na possibilidade de realizar um tratamento de Fertilização in Vitro, uma das primeiras coisas que vêm à cabeça é: “o preço deve ser caro, será que vou conseguir pagar?”. O mesmo acontece ao contar para alguém a sua intenção de realizar o procedimento. É comum escutar: “nossa, mas é caro, né?”.

Refletindo sobre essa questão, é aconselhável se perguntar: “o que é caro para mim?”. Com isso, você poderá perceber que tudo depende do critério “prioridade” e do exercício “planejamento”.

Quem tem uma vida financeira organizada e controlada, por exemplo, sabe que um gasto daqui e outro dali fazem toda a diferença no montante.

Mas, é claro que você deve fazer uma pesquisa de mercado para escolher o melhor custo-benefício para você. Vamos, então, mostrar até onde vale a pena considerar o dinheiro na hora de escolher o local de realização da FIV.

FIV preço: o que considerar para saber se vale o investimento?

O maior bem que existe é a vida. Aquela história que os pais vivem falando “quando você for mãe (ou pai), vai entender”, é real! Só quem passa por essa experiência sabe como é indescritível.

Portanto, ao avaliar a melhor clínica para realizar a FIV, pense, antes de qualquer coisa, na sua saúde e na proteção da vida que está por vir. Confira alguns aspectos que você deve ponderar.

Diagnóstico assertivo

O diagnóstico é simplesmente a parte mais importante da FIV e de qualquer tratamento de reprodução assistida. A partir dele, é possível obter mais chances de sucesso.

Além disso, um diagnóstico bem feito preserva a saúde dos pacientes, já que o tratamento será personalizado de acordo com as condições de saúde de cada pessoa e seu histórico clínico.  

Você não precisará, portanto, passar por procedimentos desnecessários, tratamentos inadequados, que podem gerar transtornos ou mesmo perder tempo e dinheiro. Verifique, portanto, o procedimento da clínica para realização do diagnóstico. Parece completo e detalhado? Os profissionais valorizam devidamente essa fase do tratamento?

Atendimento personalizado

Acredite: tentar ter um filho pode gerar mais impacto na sua vida pessoal do que você imagina. O casal pode passar por diversas fases: dúvida, receio, medo, frustração, ansiedade, culpa…

E nada pior do que não contar com profissionais sensíveis e atenciosos nessa situação. Até porque o fator emocional conta muito no resultado do tratamento. Portanto, a acessibilidade aos médicos e um tratamento humanizado fazem toda a diferença.

Taxas de sucesso da clínica e reputação da marca

Pondere, por último, as taxas de sucesso do tratamento no local, a reputação da marca, os depoimentos de quem já passou por lá e a capacidade técnica da equipe. Também não deixe de reparar a estrutura do local. Tudo isso conta na hora de você pensar se o custo-benefício é válido.

Programa acesso e doação de óvulos: para realizar mais sonhos

Sabendo que nem todos os casais possuem viabilidade financeira para realizar essa experiência única, o IBRRA criou o Programa Acesso, que oferece descontos a pacientes que apresentam renda familiar mensal até R$ 5 mil e bens até R$ 140 mil.

Além disso, ainda conta com um Programa de Doação de Óvulos, uma opção para mulheres que não têm óvulos em quantidade e em qualidade adequadas, sendo um tratamento cada vez mais frequente na Reprodução Humana.

Viu? Não coloque o dinheiro como um empecilho para transformar a sua vida. Fique atenta à sua fertilidade e saúde, planeje-se se for necessário e, se não for, pesquise as alternativas! Apenas fique ligada ao fator tempo. Quer saber por quê? Clique aqui.

Dr. Bruno Scheffer

Médico Pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais. Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia. Master em Reprodução Humana Pela Faculdade de Medicina da Universidade de Valência (Espanha). Especialista em Medicina Reprodutiva pelo Instituto Valenciano de Infertilidade (Espanha). Editor chefe do Tratado de Reprodução Humana Assistida. Membro Editorial do Jornal Brasileiro de Reprodução Assistida. Membro do European Society of Human Reproduction and Embryology
Dr. Bruno Scheffer

COMENTÁRIOS