cuidados na gravidez
16 de novembro de 2018

Cuidados na gravidez que você deve considerar

A gravidez é realmente mágica. Já imaginou como a natureza é perfeita? Um ser humano dentro da barriga da mamãe, crescendo, se desenvolvendo aos poucos, até vir ao mundo… Chega a ser impressionante! Adotar certos cuidados na gravidez não é frescura, é zelar pelas vidas (da mamãe e do bebê).

Certamente, você já deve ter ouvido essa frase: “gravidez não é doença”. O fato é que cada mulher sabe o que está sentindo e até onde consegue ir. Algumas não apresentam tantos sintomas, enquanto outras sofrem com as reações das mudanças no seu corpo.

Por isso, mamãe, independentemente das peculiaridades do seu momento, elencamos para você alguns cuidados na gravidez que servem para todos os casos.

Escolha seu médico com antecedência e cuidado

Caso tenha oportunidade, escolha um médico que acompanhe a gestação desde o início até o nascimento — alguns médicos fazem o pré-natal, mas não o parto pelo plano de saúde, por exemplo.

De toda maneira, busque indicações para encontrar um médico de confiança. Além de ser um excelente especialista, é importante você se identificar com o profissional. Por isso, quanto antes você definir o seu médico e detalhes do seu parto ou do seu plano de saúde, mais tranquila ficará.

Cuidados básicos na gravidez relacionados à sua saúde

Sua carteirinha de vacinação está em dia? Se não, você precisa se atentar às seguintes vacinas:

  • Vacina para rubéola: deve ser tomada antes da gravidez;
  • Hepatite B, DTP a (Difteria, tétano e coqueluche): podem ser feitas durante a gravidez, mas se você está pensando em engravidar, já atualize;
  • Vacina para gripe: deve ser tomada na gravidez.

A retenção de líquidos é outro de atenção para as gestantes. Para evitar o inchaço, que ocorre devido a uma reação do próprio corpo feminino para manter uma temperatura saudável e à atuação dos hormônios durante esse período.

E no dia a dia? Quais são as recomendações?

Muitas pessoas falam isso e é verdade: no início da gravidez, é preciso ter ainda mais cautela, pois o bebê se encontra em um momento crucial do seu desenvolvimento e formação — neste post Com quantas semanas o bebê começa a se mexer, contamos detalhes sobre cada semana da gestação; vale a pena conferir!

Portanto, vamos às dicas principais para as mamães:

  • Evite sapatos de salto alto para evitar acidentes e inchaço no pé;
  • Evite ou suspenda alimentos crus da sua dieta, pois estão mais propensos a conter bactérias perigosas para a mãe e seu bebê: peixes e frutos do mar, carne mal passada, salsicha e salame, bem como enlatados;
  • Cuidado ao carregar peso e com a prática exagerada de exercícios físicos: não precisa ser radical, mas dependendo das condições da sua gravidez, todo cuidado é pouco. Pergunte ao seu médico até que ponto é saudável para você;
  • Pintar os cabelos também é algo delicado. As tinturas são, no geral, altamente tóxicas. Uma alternativa é utilizar tonalizantes ou realizar procedimentos que não tocam o couro cabeludo, como as luzes. Também confirme com seu médico as recomendações adequadas a você.

No mais, cuide-se: beba bastante líquido, passe cremes e óleos na barriga e no corpo para hidratá-lo e evitar as temidas estrias, medite, tenha contato com a natureza, leia ou descubra um momento de paz consigo mesma e com seu bebê.

 

É mãe de primeira viagem e está desvendando o universo da maternidade? Confira este post, pois elencamos tudo que você precisa saber!

Dr. Bruno Scheffer

Dr. Bruno Scheffer

Médico Pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais. Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia. Master em Reprodução Humana Pela Faculdade de Medicina da Universidade de Valência (Espanha). Especialista em Medicina Reprodutiva pelo Instituto Valenciano de Infertilidade (Espanha). Editor chefe do Tratado de Reprodução Humana Assistida. Membro Editorial do Jornal Brasileiro de Reprodução Assistida. Membro do European Society of Human Reproduction and Embryology
Dr. Bruno Scheffer

COMENTÁRIOS