com quantas semanas o bebê começa a mexer
27 de setembro de 2018

Com quantas semanas o bebê começa a mexer?

Sentir o bebê mexer pela primeira vez é uma das sensações mais esperadas pelos pais. As mamães que já vivenciaram esse momento costumam dizer que é uma emoção  indescritível e inesquecível.

Como todos os outros fatores que envolvem a gravidez, não existe uma regra para saber com quantas semanas o bebê começa a mexer. Alguns começam antes, outros depois, alguns são mais quietinhos…

Mas podemos ajudá-la a descobrir em qual período da gestação os movimentos normalmente se iniciam e o que o desenvolvimento do bebê tem a ver com cada fase. Está curiosa?

Com quantas semanas o bebê começa a mexer?

Entre a 7ª e a 8ª semana da gravidez já é possível sentir os movimentos, que mais se parecem como “formiguinhas”, “borboletas” ou tremidas sutis na barriga. Na 9ª semana, é perceptível a evolução! Como os bracinhos e as perninhas já estão formados e ele já consegue engolir, a presença dele se faz maior.

Porém, é importante lembrar que, nesse início, esses movimentos costumam passar despercebidos pelas mamães.

O que esperar no período entre a 10ª e a 14ª semana? A partir da 10ª semana, ele já balança a cabecinha e, na 14ª, já está bocejando e piscando — quase abrindo os olhinhos! Também pode acontecer da mamãe sentir uma pulsação, o que, na verdade, é o bebê soluçando!

Quando os movimentos ficam realmente nítidos

A partir da 18ª semana, tudo muda! É quando a maioria das mamães realmente conseguem sentir o neném. Os “sustos” devido às cócegas fortes passam a ocorrer com mais frequência. É ainda mais fácil senti-lo deitada!

Quando a 24ª semana chega, os movimentos ficam evidentes até mesmo quando a mamãe está em pé. E quem está à sua volta pode dar sorte de senti-lo! Daí para a frente, o bebê fica mais ativo e passa a se adequar — nem sempre! — aos horários da mamãe (dormir à noite e se agitar durante o dia). Alguns soluços dele podem dar sustos reais, porque o impacto já é maior!

Ah, um detalhe muito importante: entre as 24ª e a 28ª semanas, o bebê já consegue escutar um som abafado. Que tal cantar e conversar com ele em voz alta?

A pressão no útero é maior: 29ª semana

Como ele está maior, o espaço para ele se movimentar é reduzido, mas a mamãe sente os chutes, a pressão e até a barriga movimentar-se para cima ou para os lados repentinamente.

Na 36ª semana, pode ser que ele já vire de cabeça para baixo, mas isso é muito relativo. Em alguns casos, o bebê consegue virar e desvirar, enquanto, em outros, ele já se encaixa na 37ª semana e fica dando chutes em baixo da costela (o que pode incomodar muito). Ao mesmo tempo, você pode sentir mais facilidade para respirar e se alimentar — em contrapartida, sua bexiga fica mais pressionada, ocasionando idas constantes ao banheiro.

A gravidez é cercada por mistérios e particularidades, então é natural a mamãe querer se informar para passar por ela da melhor maneira possível. Sabendo disso, fizemos conteúdos sobre maternidade para ajudá-la a viver esse momento lindo com tranquilidade e praticidade. Confira agora mesmo.

Dr. Bruno Scheffer

Dr. Bruno Scheffer

Médico Pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais. Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia. Master em Reprodução Humana Pela Faculdade de Medicina da Universidade de Valência (Espanha). Especialista em Medicina Reprodutiva pelo Instituto Valenciano de Infertilidade (Espanha). Editor chefe do Tratado de Reprodução Humana Assistida. Membro Editorial do Jornal Brasileiro de Reprodução Assistida. Membro do European Society of Human Reproduction and Embryology
Dr. Bruno Scheffer

COMENTÁRIOS