cólicas na gravidez é normal
10 de novembro de 2018

Ter cólicas na gravidez é normal? Entenda

Cólica é um sintoma que costuma acompanhar a mulher desde a primeira menstruação, também chamada “menarca”. Quantas mulheres você conhece que já reclamaram disso? Algumas chegam a ter outros sintomas mais sérios, decorrentes da dor, como tontura e vômito. Não, cólica não é frescura e só a gente sabe como é ruim.

Mas quando uma mulher está tentando engravidar e realizar o sonho de ter um bebê, o cenário muda, porque chega a ser de preocupação. Muitas mulheres se perguntam se cólicas na gravidez é normal, com receio de ser um indício de que algo não vai bem.

Vamos descobrir até que ponto ter cólicas na gravidez é normal e quais são as principais causas desse sintoma.

Entenda o que é cólica para conseguir diferenciar os sinais do seu corpo

Cólica não é nada mais do que a contração do útero, que é um músculo. A dor que essa contração causa pode ser similar a umas fincadinhas, como se algo estivesse — e, de fato, está — dilatando dentro de você.

Além da causa menstrual, também é possível ter cólicas durante o ato sexual, a prática de um exercício físico mais pesado, com o uso de coletor menstrual e tampões, devido à bexiga cheia, ou mesmo doenças do trato urinário.

Ah, também pode indicar que você está ovulando. Quer saber mais? Confira este post “Como saber se estou ovulando” e entenda melhor.

A cólica durante a gravidez é normal?

No início da gestação, é bastante comum. Inclusive, muitas mulheres custam a saber que estão grávidas porque confundem a cólica menstrual com a “cólica da gravidez”. Quando o óvulo fertilizado se implanta na parede uterina, ocorre a chamada nidação que, além da cólica, emite outros sinais como sangramento — entenda aqui tudo a respeito sobre nidação.

Outra causa para a cólica durante a gravidez é o crescimento do útero. Então, não se desespere. Durante o primeiro trimestre da gravidez, tudo indica que esse sintoma pode aparecer. Após essa fase, realmente é preciso ficar alerta, pois passa a não ser tão comum assim.

Quando a cólica pode indicar algo errado? Como saber se é um aborto espontâneo?

As cólicas após os três meses de gestação são atreladas a um aborto espontâneo quando acompanhadas por sangramento, e costumam ser intensas. Em alguns casos, também pode haver o aumento da temperatura corporal.

Mas, como você viu, nem sempre é um sinal ruim. A infecção urinária, por exemplo, é comum em grávidas, principalmente no meio da gestação, e esse é um dos sintomas da disfunção.

O que fazer para aliviar a dor?

Observe seu corpo e perceba se a dor passará aos poucos ou se vem aliada a outro sintoma. Fique de repouso, de preferência deitada. Não use uma bolsa térmica no abdômen, pois aquecer a região durante a gestação após um certo ponto é perigoso. Consulte sempre seu médico e peça orientações.

As pessoas colocam muitas neuras na cabeça das mamães, e essa insegurança é comum. Porém, como você já sabe, ter cólicas na gravidez é normal, não precisa se desesperar. Já achou o que precisa mas gostaria de dicas para o pai do seu bebê? Separamos um conteúdo ideal para vocês: Pai de primeira viagem: como se preparar para a nova fase! Vale a leitura!

 

Dr. Bruno Scheffer

Médico Pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais. Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia. Master em Reprodução Humana Pela Faculdade de Medicina da Universidade de Valência (Espanha). Especialista em Medicina Reprodutiva pelo Instituto Valenciano de Infertilidade (Espanha). Editor chefe do Tratado de Reprodução Humana Assistida. Membro Editorial do Jornal Brasileiro de Reprodução Assistida. Membro do European Society of Human Reproduction and Embryology
Dr. Bruno Scheffer

Últimos posts por Dr. Bruno Scheffer (exibir todos)

COMENTÁRIOS