9 de janeiro de 2017

Ana Araújo

Graças a Deus e as mãos abençoadas de todos do IBRRA, pude finalmente comemorar o dia das mães ouvindo o que sempre sonhei: alguém me chamando de mamãe! A minha alegria transborda a cada vez que ouço o meu pequeno Luca me chamando! Obrigada por tudo . Hoje sabemos o que e a felicidade de ter um filho! Demorou muito mas veio … perfeito , maravilhoso e iluminado! Grande abraço.

COMENTÁRIOS