Quantas tentativas de fiv são aceitáveis para se obter sucesso
5 de dezembro de 2017

Quantas tentativas de FIV são aceitáveis para se obter sucesso

Tentar de novo e recomeçar: isso faz parte da vida, principalmente dos casais que estão tentando engravidar. A Fertilização in Vitro, um dos tratamentos mais conhecidos de reprodução humana, possui excelentes índices de sucesso, mas é preciso estar preparado para mais de uma tentativa, pois nem sempre o resultado é o esperado.

Mas também é necessário saber quantas tentativas de FIV são aceitáveis, até onde insistir no tratamento e o que pode estar impactando no resultado. Por isso, aqui vamos contar para você a média de tratamentos realizados pelos casais atualmente e dar dicas para alcançar um resultado positivo.

O que pode dar errado na FIV

Existem algumas causas comuns para a FIV não dar certo. Conheça as principais:

  • Condições dos óvulos: por mais que a estimulação ovariana faça parte do tratamento, a baixa qualidade dos óvulos se apresenta como fator determinante, uma vez que o óvulo interfere na divisão celular, na implantação e formação fetal. Isso é mais comum em mulheres com idade avançada, uma vez que, com o tempo, as células do corpo se desgastam, incluindo o óvulo;
  • Dificuldade de implantação: essa fase é de grande importância, quando o embrião se fixa na parede uterina. Problemas no endométrio podem dificultar esse processo essencial para o sucesso da gravidez;
  • Problemas com os espermatozoides: uma disfunção nos espermatozoides, como  baixa motilidade ou qualidade, por exemplo, pode causar transtornos no tratamento, pois o processo de fecundação fica totalmente comprometido.

Quantas tentativas da FIV são aceitáveis: média de tratamento

Quando um ciclo de FIV não der certo, a primeira coisa a se fazer é uma avaliação sobre o que pode ter causado a falha no tratamento. Partir para outra tentativa sem esse diagnóstico é o principal erro.

Não existe um número máximo de tentativas, pois o resultado dependerá, principalmente, das condições de saúde e características peculiares de cada casal. No Ibrra, 95% dos pacientes engravidaram realizando, no máximo, três tentativas com esse procedimento.

Alternativas para alcançar um resultado positivo

Se o problema identificado for a qualidade dos óvulos ou dos espermatozoides, em últimos casos, uma solução pode ser a doação de óvulos e espermatozoides para a FIV.

Caso o motivo seja a dificuldade de implantação, há tratamentos específicos para isso e uma dica é se atentar à alimentação e manter uma rotina saudável, o que ajuda a equilibrar os hormônios e proporcionar melhor receptividade do embrião, pois torna o revestimento uterino mais forte.

Então, para obter resultado positivo em menor número de tentativas, siga essas dicas:

  • Tenha o diagnóstico sobre o que pode ter dado errado;
  • Realize o tratamento adequado, conforme orientações do seu médico;
  • Certifique-se sobre a qualidade da clínica e, caso chegue ao seu limite, troque de clínica (procure indicações) para iniciar uma nova fase.

Deu para perceber que as tentativas aceitáveis nem sempre podem ser definidas e que tudo vai depender das condições de saúde do casal, não é mesmo? Se você ainda tem curiosidade sobre as taxas de sucesso da FIV, aqui contamos para você as probabilidades de tudo dar certo logo na primeira tentativa! Confira!

Dr. Bruno Scheffer

Dr. Bruno Scheffer

Médico Pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais. Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia. Master em Reprodução Humana Pela Faculdade de Medicina da Universidade de Valência (Espanha). Especialista em Medicina Reprodutiva pelo Instituto Valenciano de Infertilidade (Espanha). Editor chefe do Tratado de Reprodução Humana Assistida. Membro Editorial do Jornal Brasileiro de Reprodução Assistida. Membro do European Society of Human Reproduction and Embryology
Dr. Bruno Scheffer

Últimos posts por Dr. Bruno Scheffer (exibir todos)

COMENTÁRIOS