Fiv chances de sucesso na primeira tentativa
1 de dezembro de 2017

FIV: chances de sucesso na primeira tentativa

É praticamente impossível não gerar expectativas quando o assunto é ter um bebê, principalmente quando o casal passa por um tratamento de fertilidade. A Fertilização in Vitro é um dos procedimentos mais conhecidos porque possui altas chances de sucesso e realiza sonhos há quase quatro décadas.

Desde a primeira FIV, mais de 5 milhões de bebês foram gerados pela técnica em todo o mundo.  A probabilidade média de sucesso é de 40%, podendo aumentar ou diminuir de acordo com as características do casal.

No Ibrra, 95% dos pacientes engravidaram realizando, no máximo, três tentativas com esse procedimento.

Mas quais são as chances de sucesso na primeira tentativa? Vem com a gente, que vamos contar tudo para você.

FIV: chances de sucesso na primeira tentativa

Antes dos 35 anos e com uma fertilidade normal, as chances de uma mulher engravidar durante cada ciclo de ovulação giram em torno de 25%.

Um casal que se submete à FIV, em que a mulher possui até 30 anos e embriões em perfeitas condições, possui até 70% de chances de fertilização, número até maior que o de uma gravidez espontânea.

A partir dos 35 anos da mulher, as chances de sucesso da FIV caem para 50%, e diminuem progressivamente. Aos 40 anos, chegam a 30% e, até 43 anos, chegam a no máximo 10%.

Dicas valiosas: como melhorar as chances de sucesso da FIV

Além do fator “tempo”, determinante para o resultado positivo da FIV, existem outras variáveis que podem interferir. Por isso, com essas dicas, é possível aumentar as chances de sucesso do tratamento:

  • Diminua ou suspenda o álcool, pois ele pode diminuir a libido do casal, aumentar a probabilidade de aborto espontâneo e afetar a regularidade do ciclo menstrual;
  • Suspenda o cigarro de vez, uma vez que ele afeta na produção de hormônios essenciais à fertilidade, prejudica a implantação dos óvulos e, no caso de tratamentos de estimulação ovariana, ocasiona em aumento da dose por conta da ação da nicotina;
  • Mantenha uma alimentação saudável e faça exercícios físicos: a obesidade pode impactar no equilíbrio hormonal, no ciclo menstrual e na qualidade dos gametas. Cuide da sua saúde diariamente;
  • Cuide da sua mente: vários estudos já comprovaram como a ansiedade afeta nas chances de ter um bebê (modifica o pH vaginal, impedindo a entrada de espermatozoides, altera a motilidade dos espermatozoides, leva à baixa imunidade, dentre outras consequências). Portanto, volte as atenções aos seus pensamentos e sentimentos.

Quantidade e qualidade de gametas: como interferem na FIV?

A mulher já nasce com um número determinado de ovários, que diminui com o tempo (aos 50 anos, ele chega a zero). Além da quantidade, a qualidade dos óvulos produzidos e do embrião formado após a fecundação caem com o avanço da idade.

Os níveis dos hormônios sexuais femininos e masculinos, fundamentais à fertilização, também diminuem drasticamente.

Para que a fecundação ocorra, é necessário que os gametas femininos e masculinos estejam em funcionamento pleno.

“FIV: chances de sucesso na primeira tentativa?” já não é mais a sua pergunta principal, certo? Saiba ainda mais sobre esse procedimento! Para desmistificar um dos maiores assuntos acerca da Fertilização in Vitro, leia este artigo.

Dr. Bruno Scheffer

Dr. Bruno Scheffer

Médico Pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais. Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia. Master em Reprodução Humana Pela Faculdade de Medicina da Universidade de Valência (Espanha). Especialista em Medicina Reprodutiva pelo Instituto Valenciano de Infertilidade (Espanha). Editor chefe do Tratado de Reprodução Humana Assistida. Membro Editorial do Jornal Brasileiro de Reprodução Assistida. Membro do European Society of Human Reproduction and Embryology
Dr. Bruno Scheffer

Últimos posts por Dr. Bruno Scheffer (exibir todos)

COMENTÁRIOS