(31)4042-8371
Como podemos ajudar?
31 3286-8171
TRATAMENTOS / Casais sorodiscordantes

Tratamentos Complementares

Casais sorodiscordantes

sorodiscordantes

Tratamentos para casais sorodiscordantes para HIV, Hepatite C e HTLV

Há casais que imaginam que não podem ter filhos, pois são sorodiscordantes, ou seja, um dele é portador de alguma doença infectocontagiosa que pode ser transmitida por via sexual. As doenças mais frequentes são hepatite B, hepatite C, HIV e HTLV.

Há três possibilidades de tratamentos entre os casais:

1. Homem infectado e mulher não:

Não há contra-indicação para a gestação, pois a mulher é sadia. Neste caso, o procedimento adotado é a lavagem seminal com após análise da amostra para verificar se o vírus está presente ou não. O sêmen após lavado, tem parte enviado para análise da presença ou não do vírus e a outra metade congelada. Se o resultado da análise for negativo a metade congelada será utilizada no dia da fecundação dos óvulos.

2. Homem e mulher infectados:

Principalmente no caso do HIV, o estado clínico da saúde da mulher é o que mais importa. A carga viral positiva precisa ser baixa para o homem e a mulher e as condições clínicas dela precisam ser avaliadas antes de partir para alguma técnica de reprodução humana.

3. Homem não infectado e mulher infectada

O quadro clínico da mulher é o que pode limitar o tratamento, pois se a quantidade de vírus não for reduzida com medicamentos, as técnicas de Inseminação Artificial ou a Fertilização in Vitro não são indicadas.

É também necessário avaliar a presença de outras doenças sexualmente transmissíveis que, inclusive, aumentam a possibilidade de danos às tubas uterinas.

No caso do HIV, a transmissão vertical (de mãe para filho) pode chegar a 25%. É indicado terapia medicamentosa para a mãe e bebê e cesárea seletiva, para tentar reduzir a taxa de infecção para cerca de 1,5%. A amamentação também é descartada.

Para os casos de Hepatite, o risco de transmissão vertical fica entre 0,16% a 6,7%.

Como é a lavagem seminal

A lavagem seminal consiste em processos de centrifugação e ultra-filtragem que isolam os espermatozoides livres de contaminação, possibilitando seu usado para tratamentos como Inseminação Artificial e FIV (Fertilização in vitro).

Passo a passo da lavagem seminal

Casal precisa fazer exames
O casal precisa avaliar como está a infecção e também suas funções reprodutivas como um todo. O trabalho é integrado entre infectologistas e o Ibrra.

Avaliação do esperma
O esperma do paciente é coletado e submetido a processos de centrifugação, lavagem e filtragem. Essa amostra é avaliada, para garantir que a parceira e o bebê não serão infectados. Se os testes apontarem a ausência completa do vírus, a paciente realiza a Inseminação Artificial ou a FIV.

um sonho ao seu alcance

QUANTO CUSTA O TRATAMENTO?

Realizar o seu sonho está ao seu alcance. Entre em contato e informe-se sobre os custos das técnicas e dos tratamentos de reprodução humana

Veja os planos

Ibrra - Instituto Brasileiro de Reprodução Assistida
Responsável Técnico: Dr. Bruno Scheffer
CRM 31394
Todos os direitos reservados ao Ibrra. Desenvolvido por Agência Salt.
(31)4042-8371